CUT-RS lança revista em quadrinhos sobre pesadelo da reforma administrativa nesta quinta

A CUT-RS promove um ato simbólico de lançamento e entrega aos sindicatos da revista em quadrinhos “As Desventuras da Família Silva” sobre o pesadelo da reforma administrativa do governo Bolsonaro. O evento será realizado nesta quinta-feira (24), às 15h, na sede da entidade, em Porto Alegre, e contará com a participação de dirigentes sindicais.

Trata-se de um gibi com oito páginas, que surgiu a partir de uma provocação do presidente da CUT-RS, Amarildo Cenci, como forma de explicar melhor à população as maldades da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020, em tramitação na Câmara dos Deputados.

A ideia foi abraçada pela diretora da CUT-RS e presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul (Sindiserv), Silvana Piroli, e executada pelo cartunista Fredy Varela, junto com o departamento de comunicação da entidade e o acompanhamento da Central.

A publicação conta a história de uma família. O pai, a mãe e os dois filhos enfrentam as dificuldades pós-reforma administrativa, caso a PEC 32 seja aprovada, como a falta de concursos públicos, a precarização dos serviços de saúde e educação, além do aumento da corrupção.

“Minha intenção com este material é estabelecer uma proximidade com os leitores, por meio de estudo dos traços, cores e uma boa história, e creio que consegui fazer esta conexão”, avalia Varela.

Com tiragem inicial de 30 mil exemplares, a revista já foi apresentada e divulgada na segunda-feira (21) em Caxias do Sul, onde foi produzida e impressa, e agora será lançada em âmbito estadual. “A aceitação tem sido excelente por onde já entregamos o gibi”, afirma Silvana.

“Vai ser um material importante para mostrar às pessoas que não se trata de uma reforma, mas sim de uma destruição dos serviços públicos para entregá-los à iniciativa privada e permitir a contratação escancarada de apadrinhados políticos”, destaca Amarildo.

Após o lançamento, o gibi será distribuído pelos sindicatos e movimentos sociais para a população no Estado, bem como será veiculado nas redes sociais. Também será disponibilizado para as entidades interessadas em todo o país.

Fonte: CUT RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *